Parceria entre Acate e Blusoft busca “aproximação com origens do ecossistema” de tecnologia em SC

Voce está em :Home-ACATE, Sociedade-Parceria entre Acate e Blusoft busca “aproximação com origens do ecossistema” de tecnologia em SC

Parceria entre Acate e Blusoft busca “aproximação com origens do ecossistema” de tecnologia em SC

Em evento na próxima segunda (25), em Blumenau, Blusoft e Acate apresentarão ações em conjunto para incentivar o empreendedorismo inovador no polo pioneiro da TI catarinense

Em evento na próxima segunda (25), em Blumenau, entidades comandadas por Henrique Bilbao (Blusoft) e Daniel Leipnitz (Acate) (foto), apresentarão ações em conjunto para incentivar o empreendedorismo inovador no polo pioneiro da TI catarinense

 

Foi na cidade de Blumenau que surgiu, há exatos 50 anos, o primeiro centro de desenvolvimento de softwares de Santa Catarina, a Cetil, fundada em 1969 por empresários do setor têxtil. Este legado tornou a região um relevante polo de tecnologia no país desde então, que responde por 22% do faturamento total do setor no estado (pouco mais de R$ 6 bilhões/ano) e 21% dos mais de 47 mil empregos na TI catarinense, de acordo com a pesquisa Observatório Acate.

Na próxima segunda-feira, 25 de março, a entidade que representa o polo local, Blusoft, apresenta as ações que serão feitas em parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) para desenvolver o ambiente de inovação local. “Nosso próximo passo será apoiar e incentivar todos os eventos de tecnologia da região, assim como fortalecer os grupos e comunidades de TI que trabalham de maneira isolada, tornando o ecossistema mais atrativo”, resume Henrique Bilbao, presidente do Blusoft, que se torna oficialmente uma representante local da Acate e estende a seus associados os benefícios oferecidos pela Associação.

Bilbao, 32 anos, representa a nova geração de empreendedores da região e foi empossado em janeiro passado, em diretoria que conta também com executivos de empresas tradicionais como HBSIS, Benner, Lector e Bludata, entre outras. Entre as missões que o grupo terá à frente está manter projetos bem-sucedidos como o Entra21, que capacita jovens carentes para o mercado de tecnologia, além de apoiar a realização do Startup Weekend e do programa StartupSC, que chega a Blumenau neste ano e vai mentorar e apoiar o desenvolvimento de 10 startups.

Estamos buscando uma aproximação com as origens do ecossistema de tecnologia catarinense. Blumenau foi fundamental para criar a base do desenvolvimento no nosso estado”, comenta Daniel Leipnitz, presidente da Acate. Blumenau é a região que conta com a média de idade mais alta entre as empresas de TI do estado (9 anos, ante 7 da Grande Florianópolis, por exemplo).  Segundo a pesquisa Observatório, a cidade é o quinto polo em faturamento médio do país (R$ 1,67 milhão), conta com mais de 300 empresas e representa 26% do total de empreendedores do estado.

LEIA TAMBÉM: Com mescla de gerações, nova diretoria do Blusoft foca no desenvolvimento de novas startups em Blumenau

O encontro que marca o lançamento da parceria ocorre no auditório do Instituto Gene a partir das 19h. Na programação serão apresentadas as próximas ações das duas entidades. O evento contará com a presença dos presidentes de ambas as associações, com João Florêncio da Silva, gerente do departamento regional sul da Finep e Alexandro Rodrigo de Sá, que fará a palestra “100 Drops de Hiper Produtividade.