“Inovação em Cidades”: publicação catarinense debate desafios urbanos e o impacto da pandemia

Voce está em :Home-Sociedade-“Inovação em Cidades”: publicação catarinense debate desafios urbanos e o impacto da pandemia

“Inovação em Cidades”: publicação catarinense debate desafios urbanos e o impacto da pandemia

Em ano de eleições municipais e em meio à pandemia que impacta as cidades, obra organizada por pesquisadoras do Grupo VIA/UFSC apresenta conceitos e práticas ligadas à inovação em cidades nacionais e internacionais. / Foto (Portland, OR): Cristofer Jenschke


[FLORIANÓPOLIS, 08.09.2020] 

Por VIA Estação Conhecimento,
viaconhecimento@gmail.com  

As cidades são sistemas complexos, mas também vulneráveis, enfrentando novos e incertos desafios que atualmente influenciam a qualidade de vida dos cidadãos no espaço urbano, os quais vão da desigualdade econômica e degradação ambiental à crise sanitária causada pelo novo coronavírus. O impacto da pandemia nas cidades ainda não foi completamente compreendido, mas determinou que mudanças são necessárias e deixarão marcas no espaço urbano.

Assistimos, no mundo todo, a implantação de novos projetos urbanos provocados pelos efeitos da pandemia, desde a abertura de ruas e criação de ciclovias para melhorar a mobilidade com segurança, até a digitalização de infraestruturas municipais e o surgimento de novos serviços públicos digitais. Além disso, no Brasil, aproxima-se o período das eleições que definirão a gestão das cidades brasileiras pelos próximos anos. Esse é um momento ímpar que evidencia as dores e necessidades das cidades, assim como, oportuniza transformações com potencial para beneficiar os verdadeiros protagonistas do espaço urbano: os cidadãos.

Obra que pode ser acessada gratuitamente aborda temas como inovação urbana, tecnocracia, acesso à informação, cidades inteligentes, cidades criativas e cidades sustentáveis.

Em desafios urbanos onde respostas tradicionais não são mais suficientes a inovação tornou-se a única saída. Soluções tradicionais bem-sucedidas podem também ser melhoradas com recursos oriundos de inovações em outras áreas. A inovação, em suas diferentes facetas, foi conquistando o urbano: a inovação cívica com os hackathons e urban living labs; a inovação aberta com seu modelo de atuação em rede; a inovação tecnológica e os recursos que transformaram o estilo de vida dos cidadãos; as inovações democráticas e as novas formas de governança e participação cidadã; a inovação no governo como uma revolução na administração pública; a inovação social e o protagonismo da sociedade civil na criação de soluções; a inovação urbana e as novas estratégias para o desenvolvimento urbano, entre tantas outras aplicações da inovação em cidades: da educação à segurança.

O impacto e o potencial das inovações em cidades são os temas centrais desta obra e são aprofundadas por meio dos cases, relatos e teorias compartilhadas por seus autores. A cidade, enquanto habitat de inovação, é um dos temas trabalhados pelo Grupo Via Estação Conhecimento, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC) da Universidade Federal de Santa Catarina.

A obra “Inovação em Cidades” possui nove capítulos organizados pela Dra. Clarissa Stefani, líder da VIA, e sua orientanda, a advogada urbanista Ágatha Depiné, apresentando tópicos como: inovação urbana, tecnocracia, acesso à informação, cidades inteligentes, cidades criativas e cidades sustentáveis – conceitos e práticas acessíveis a todos os interessados no tema. O livro possui prefácio de Michel Mittmann, Secretário Municipal de Mobilidade e Planejamento Urbano de Florianópolis.

A obra pode ser acessada gratuitamente nesse link

LEIA TAMBÉM: