ContaAzul, de Joinville, recebe investimento de R$ 100 milhões de fundo dos EUA

Voce está em :Home-Negócios-ContaAzul, de Joinville, recebe investimento de R$ 100 milhões de fundo dos EUA

ContaAzul, de Joinville, recebe investimento de R$ 100 milhões de fundo dos EUA

Com recursos da Tiger Global Management, que já capitalizou 99 e Nubank, startup fundada em 2011 espera dobrar número de clientes e faturamento em 2018

Com recursos da Tiger Global Management, que já capitalizou 99 e Nubank, startup fundada em 2011 espera dobrar número de clientes e faturamento em 2018

A ContaAzul, startup fundada em 2011 em Joinville (SC) e que desenvolve software de gestão em nuvem para pequenas empresas, anunciou nesta terça (03.04) uma nova rodada de investimento de R$ 100 milhões, liderada pelo fundo Tiger Global Management (EUA). A informação foi publicada em entrevista para o jornal O Estado de S. Paulo.

Referência no ecossistema de inovação e tecnologia de Santa Catarina, a ContaAzul  é uma das pioneiras do cenário de startups em Joinville, no início da década, e também foi a primeira brasileira a ser acelerada no 500 Startups, no Vale do Silício. A experiência no mercado norte-americano ajudou a empresa – fundada pelos sócios José Carlos Sardagna, João Augusto Zaratine, Vinicius Roveda – a capitalizar com investidores internacionais. Os primeiros dois aportes, recebidos ao longo de 2013, contaram com recursos de fundos como Monashees, Napkn Ventures, 500 Startups e Valar Ventures. Na terceira rodada, também com valores não divulgados, entrou na sociedade a Tiger Global Management (investidora de outras brasileiras como 99 e Nubank), que lidera o novo aporte.

LEIA TAMBÉM: Por US$ 100 milhões, venda da Decora se torna maior negócio do ecossistema de startups em Santa Catarina

Segundo o cofundador e presidente executivo Vinicius Roveda, ao Estado, os recursos serão voltados para expansão de clientes, faturamento e equipe. Hoje são cerca de 300 colaboradores nas sedes de Joinville e São Paulo e a expectativa é chegar aos 500 até o fim de 2018. A empresa também deve investir na realização de um evento próprio aos clientes e parceiros, seguindo uma tendência já utilizada por grandes empresas de tecnologia e startups de maior porte.

Este novo round é um dos maiores recebidos por empresas de tecnologia em Santa Catarina. No ano passado, a Neoway, que desenvolve plataforma de big data, anunciou captação de R$ 148 milhões em rodada lidera pela QMS Capital. Em 2016, a Resultados Digitais captou R$ 62 milhões via TPG Growth e outros fundos.