A 5Beatle, de Itajaí, aposta em uma plataforma cultural para dar visibilidade e gerar negócios a artistas

Voce está em :Home-Inovadores-A 5Beatle, de Itajaí, aposta em uma plataforma cultural para dar visibilidade e gerar negócios a artistas

A 5Beatle, de Itajaí, aposta em uma plataforma cultural para dar visibilidade e gerar negócios a artistas

Criada há um ano, startup que faz parte do LinkLab/ACATE se inspira no maestro George Martin para desenvolver sistema de gestão e divulgação online para artistas

Criada há um ano, startup que faz parte do LinkLab/ACATE se inspira no maestro George Martin para desenvolver sistema de gestão e divulgação online para artistas

A falta de reconhecimento, a dificuldade de fazer negócios e a informalidade do meio artístico foram a motivação para três empreendedores criarem uma startup que ajudasse artistas a comercializar serviços on-line. Assim surgiu a 5Beatle, um canal de vendas digital para artistas e produtores que buscam visibilidade e conversão de vendas, auxiliando também a comercialização, gestão de carreira e projetos artísticos.

A equipe fundadora é formada por Aézio Almeida dos Santos (CEO), Julian Espíndola (CTO) e Aezita Almeida (Diretora de Marketing e Vendas) e a inspiração vem do maestro George Martin, que ficou conhecido como o “quinto Beatle” graças ao magistral trabalho na produção dos discos do FabFour. “Ele ajudou a dar visibilidade mundial aos Beatles, transformando o talento daquelas músicas em um grande business. Queremos ser, portanto, o ‘quinto beatle’ para vários artistas, dando visibilidade e contribuindo para transformar talentos em negócio”, resume Aézio Almeida.

Lançada há três meses, plataforma começou pelos mercados de Florianópolis e Curitiba mas deve estar disponível para todo o Sul do país até o final do ano.

Por meio de um perfil na plataforma, os artistas cadastrados podem realizar, gratuitamente, serviços como gestão de agenda, gestão financeira, relacionamento com fãs e venda online de shows. “Também ajudamos pessoas e empresas a encontrar a atração artística ideal para seus eventos por meio de um canal on-line, com curadoria e segurança para contratar”, comenta o CEO. A remuneração é um percentual, que varia de 10% a 20% sobre o valor do anúncio, e é cobrado a cada transação feita via plataforma.

No ar há três meses, a plataforma tem 90 usuários cadastradas, 27 anúncios publicados e dois shows vendidos, com tíquete médio de R$ 1,1 mil. O foco até o momento, segundo o empreendedor, foi nos mercados de Florianópolis e Curitiba, mas a ideia é expandir no Sul até o final do ano e explorar a região Sudeste no ano que vem, antes de ampliar a atuação no resto do país.

LEIA TAMBÉM: “Não iremos mais trabalhar com lotes, mas de maneira contínua”, diz o coordenador do LinkLab

Com base em Itajaí, a 5Beatle foi selecionada neste ano para a segunda turma do LinkLab, o laboratório de inovação aberta da ACATE que busca startups em diversas áreas para desenvolver soluções em conjunto com as grandes empresas mantenedoras do espaço. “Estamos trabalhando junto com o Grupo Nexxera e estudando uma parceria para otimizarmos nosso processo e entregarmos mais valor aos clientes com a solução de pagamentos deles. O LinkLab tem sido uma ótima experiência, pois nos dá acesso a inúmeras mentorias que auxiliam a qualificar a prestação de serviços”.

A 5Beatle também está participando do programa Startup School, da aceleradora Y Combinator, que fornece mentorias com profissionais do Vale do Silício e vai escolher até 100 projetos promissores para receber aporte de US$ 10 mil. “O caminho para um mundo melhor passa pela democratização da cultura”, resume Aézio.